Alimentação para cães: o que você precisa saber

Saiba tudo sobre qual a alimentação correta que deve ser atribuída a rotina do seu cão de estimação. Para que dessa forma, seja possível não vacilar com esse assunto tão sério. Alimentação para cães: tudo o que você precisa saber.

Quando se trata da alimentação do nosso pet, é muito importante que estejamos atentos, para que dessa forma seja possível estarmos alimentando-os da maneira correta e evitando sérios problemas de saúde para eles.

Portanto, continue comigo e saiba qual é a melhor maneira de alimentar o seu pet.

Comida caseira x Ração

Assim como a maioria dos animais, os cães também necessitam de uma alimentação balanceada e supra as necessidades que eles possuem em sua dieta nutricional.

No entanto, muitos alimentos que nos fazem bem e até nos é fundamental, pode não ser tão boas para os cães.

Portanto, escolher uma ração especifica para o seu cão é a melhor maneira de alimenta-lo, pois existem rações especificas para cada tipo de dog, seja para filhotes, adulto, idoso, porte grande e pequeno, por fim basta escolher a melhor para o seu pet. A ração inclusive ajuda os cães a limparem os dentes enquanto mastigam.

Apesar do recomendado ser somente ração, muitas pessoas oferecem comida comum, a mesma que nos alimentamos para seus cães.

No entanto, alguns temperos e até mesmo alimentos que consumimos podem fazer muito mal aos pets e por esse motivo é importante não os acostumar com essa alimentação.

Além disso, eles ficam muito mais suscetíveis a serem envenenados por pessoas maldosas, visto que eles comem muitas coisas além de ração.

Diferente dos seres humanos, os cães não possuem aquela necessidade de trocar de alimento por estarem enjoados, se possui tudo o que ele precisa já é o suficiente.

Quantidade de ração que deve ser dada – Alimentação para cães

Normalmente, as próprias embalagens de ração oferecem as instruções de medidas que devem ser dadas aos cães e por esse motivo é importante estar vendo essa quantidade e seguindo à risca.

Afinal a quantidade que ele come é fundamental para que ele receba os nutrientes em quantidades corretas.

Além disso você deve conhecer o seu pet, por exemplo; se ele for mais agitado, pode ser colocado um pouco mais de ração. Já no caso de ser mais sossegado pode colocar a quantidade normal.

Veja se ele está com seu peso ideal

É importante, que você veja como está o físico do seu pet, note se ele possui os ossos da costela muito aparentes ou se ao toca-lo não é possível sentir seus ossos.

Para ver se ele está abaixo ou acima do peso. Em geral, eles devem apresentar uma fina camada de gordura cobrindo os ossos e uma curvatura na cintura.

Horário para a alimentação

É importante que você separe as porções corretas que ele necessita comer durante o dia.

Não é bom que você deixe o alimento a disposição do pet o dia todo, pois como são muito gulosos tendem a comer tudo de uma vez só e isso pode acabar gerando um aumento de peso bem grande para o pet.

Petiscos – Alimentação para cães

Devem ser oferecidos em momentos de recompensação para o seu pet, quando ele faz algo positivo pode ser oferecido algo mais que ração.

Contudo, não exagere nos petiscos para que não venha a atrapalhar na alimentação do pet.

Como lidar com um cão que come rápido demais?

Para resolver esse problema é muito importante que você coloque a ração do seu pet naqueles brinquedos que soltam comida aos pouquinhos para que dessa forma ao brincar ele vá se alimentando da maneira correta ao invés de comer rápido demais.

Falta de apetite – Alimentação para cães

Muitos podem ser os fatores da falta de apetite, porém se não for relacionado a saúde, pode ser que você o tem alimentado da maneira errada.

Por exemplo; colocar alimentos para misturar na ração, pode fazer com que ele não sinta vontade de querer come-la pura, pois sabe que sua resistência fará com que você o de algo melhor que somente ração.

Por fim essas foram as dicas para que comece a alimentar seu pet corretamente, de modo que ele sempre se mantenha saudável e com o apetite normal.

Lembre-se que é sempre importante leva-lo a um veterinário em caso de suspeitas com o comportamento do pet.

Confira agora a melhor raça de cachorro para conviver você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: