Curioso!!! Coisas que o filme “O POÇO” nos ensina!

Ultimamente a Netflix lançou um filme chamado “O Poço” que está dando grandes repercussões na mídia! O filme contém cenas fortes, porém, é um filme fantástico, para quem gosta de sociologia e de entender a sociedade com uma crítica maior!

Aqui iremos comentar um pouco sobre a visão que o filme nos passa, e também refletir sobre o atual momento no qual estamos vivendo! Querendo ou não, se é intenção do filme ou não, a pessoa que assiste o filme, faz reflexões e automaticamente ela compara com essa pandemia que estamos vivendo!

Afinal, tudo que estamos vivendo é valido refletir sobre o filme! Confira!

Classes sociais!

É nítido ver que o filme faz referências as classes sociais, que sem dúvidas é a reflexão mais comentada por todos! É nítido pois, “O Poço” é uma prisão, na qual existem várias camadas, como se fosse um “poço” de fato!

Existe uma plataforma na qual chegam várias comidas, porém, cada pessoa pode comer por alguns segundos, inclusive o que “sobra’ de outras pessoas!

É interessante pensar que a “comida”, seja como se fosse o “dinheiro” na nossa sociedade, assim, quem está no topo tem mais, e quem está em baixo, nada tem! Assim, fica nítido perceber a relação!

Administração que não “questiona” somente faz seu papel – O Poço

Em uma parte do filme, uma mulher que trabalhava na Administração por muito tempo, resolve se voluntariar a ficar “presa” no poço!

Porém, ela que trabalhava na administração não sabia que acontecia tudo aquilo no “poço”!

Assim, funciona nossos políticos, muitos, não viveram a realidade da fome, da falta de educação, saúde, miséria, entre tantas outras coisas que a gente encontra na sociedade! Entretanto, os políticos, simplesmente fazem o papel “administrativo”, mas, na pratica não sabem o que de fato acontece em nossa sociedade!

Pessoas egoístas

O egoísmo é presente no filme desde o começo, pois, uma mesa cheia de alimentos, na qual poderiam alimentar todas as pessoas que ali estão aprisionadas! A cada 30 dias a pessoa fica sem saber se vai comer ou não, devido ao egoísmo de quem está em cima!

Assim funciona a sociedade, quem tem mais poder aquisitivo, tem o poder, de “mandar em outra pessoa”, quem não tem poder aquisitivo, simplesmente deve obedecer! Porém, o jogo muda quando quem está em cima desce e quem está abaixo sobe! Consequentemente na sociedade é assim também!

Altos e baixos da vida! – O poço

Os altos e baixos da vida são visíveis no filme, devido ao sistema imposto na “cadeia”! Porém, nossa vida é assim, há pessoas que conseguem o “sucesso”, porém, depois começam a perder tudo!

Há pessoas que não tinham “nada” na vida, depois conquistam tudo, e consequentemente as pessoas que antigamente humilhavam essa pessoa, passam a admirá-la, simplesmente porque ela conseguiu dinheiro!

O erro das pessoas, de ter os altos e baixos da vida, socialmente falando, é que desde o início, nenhuma pessoa costuma olhar para a pessoa pelo o que ela é, e sim pelo o que ela tem!

E muitas vezes o sucesso está muito ligado, ao o que a pessoa é, e jamais pelo o que a pessoa tem!

A criança como “esperança, Deus, palavra, amor” e o que qualquer pessoa quiser pensar que falta no mundo!

No final, uma criança aparece, essa criança é procurada o tempo inteiro por uma mulher! Porém, essa mulher nunca encontra essa criança! Mas, no final do filme essa criança é encontrada em baixo de um banco, na última camada do poço, e deixando o filme ainda mais reflexivo, os personagens dizem que a criança é a “mensagem”!

Dessa forma, dá para perceber que a criança é a mensagem de amor, de esperança, fé, e todas as coisas que faltam na sociedade! As hipóteses de ela ser encontrada na última camada do poço, deve ser a “falta” de todas essas “mensagens” na sociedade!

Ninguém imaginava a Terceira Guerra Mundial, invisível, silenciosa e coletiva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: