Beijar meus pets pode me trazer doenças?

É muito difícil pegar o nosso pets e não querer dar vários beijos e abraços é uma tarefa quase que impossível de estar se fazendo, mesmo porque eles são criaturas tão fofas que são capazes de fazer com que nós nos derretamos a presença deles.

Beijar o pet ou mais conhecido como lambeijo é muito comum entre os donos de gatos e cachorros, e a expressão tem se popularizado tanto que muitos internautas postam suas fotos dando os famosos beijinhos em seus pets, mas então, o que há de mal nisso? A razão desse post é explicar claramente as consequências de dar lambeijos em seu bichinho de estimação. Portanto fique comigo e veja o que isso pode ocasionar.

O ato de beijar é um instinto natural do ser humano e por esse motivo é muitas das vezes acabamos por beijar nossos pets involuntariamente, no entanto é aí o perigo, pois, estamos se expondo a milhares de bactérias presente na boca do pet, que diferente de nos humanos os cães e gatos não possuem tanta higiene, e que em sua flora bucal contém elementos patogênicos altamente nocivos a nós seres humanos.

Malefícios que o ato pode acarretar ao beijar meus pets

Contudo uma vez vencida a barreira da pele, a saliva do cachorro pode nos transmitir bactérias capazes de nos causar sérios problemas. As bactérias presentes na boca do cão por exemplo são a CLOSTRIDIUM, ESCHERICHIA COLI, SALMONELLA e a CAMPYLOBACTER. Essas bactérias podem causar problemas na vesícula biliar, problemas no estomago e intestino, e ainda algumas delas podem causar até mesmo alguns tipos de tétano.

No organismo dos cães essas bactérias servem como proteção para limpeza do organismo e até a cura de suas próprias feridas. Mas em contato com as mucosas humanas, ou penetram a pele através de feridas pode ter um efeito muito maléfico para a saúde. As pessoas com o sistema imunológico enfraquecido, como idosos por exemplo, podem estar ainda mais vulneráveis as bactérias caninas.    

E não somente faz mal para nós como também para o próprio pet, pois estaremos fazendo uma troca de bactérias que pode ser nociva para o seu animal de estimação.

No entanto, segundo especialistas quando as lambidas se limitam apenas nas mãos, bochechas e partes da pele sem feridas, dificilmente haverá contaminação. A contaminação ocorre quando o carinho pega partes expostas como dentro da boca e feridas, pois desse modo as bactérias estrão diretamente em contato com nosso organismo.

Mantenha as vacinas dos seus pets em dia

Para evitar que doenças sejam transmitidas através das lambidas, é de suma importância que você deixe sempre em ordem a vacinação do seu pet. Os cães e gatos em todas as idades necessitam de cuidados para que eles não contraiam doenças e vermes, como evitando o contado deles com as fezes de outros animais, e é claro estar lavando as mãos assim que entrar em contato com os pets.

Dicas importantes sobre beijar o pet

Todas as vezes que entrar em contato com um pet, é importante que lave bem as partes onde o seu pet te lambeu, para que não haja o risco de você estar contato com as bactérias e passar em seus olhos e boca, pois acabará por dar na mesma e você acabará por contrair as bactérias do mesmo modo.

Apesar de tudo, os psicólogos afirmam que a presença do pet em nossa nos ajuda psicologicamente a ter menos ansiedade e desenvolver depressão por exemplo, portanto com os cuidados sendo tomados é possível que você possa viver bem com seu animal de estimação sem que você seja afetado por quaisquer doenças, que por sinal é bem rara quando tomadas as precauções corretas.

Contudo, Lembre-se de que beijar o pet pode ser altamente nocivo para você e seu pet, e que a partir de já, as demonstrações de carinho devem ocorrer de maneira consciente, para que nem você e nem seu pet sofram com alguma doença. Portanto as informações sobre os beijinhos nos pets foram essas, não deixe de passar para frente o que você leu aqui e alerte aquele seu conhecido que é bastante afetuoso com o pet.

Comente o que você achou das informações e não deixe de opinar e sugerir temas para novos artigos que você gostaria de estar vendo por aqui no blog.

O que você precisa saber sobre a alimentação para cães!

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: