Dieta Low Carb – alimentação, benefícios e cuidados

Conheça mais sobre essa dieta que tem se tornado queridinha no gosto popular e que tem adquirido cada vez mais adeptos. Dieta Low Carb – alimentação, benefícios e cuidados

Entretanto, essa é uma dieta que visa não apenas o emagrecimento, mas que ajuda no controle de algumas doenças, como o diabetes por exemplo.

Contudo, a dieta é baseada no baixíssimo consumo de carboidratos, como o nome Low Carb (baixo carboidrato) já diz. Certamente, muito boa.

O carboidrato seja a menor quantidade possível, e que ele seja substituído por outros alimentos mais saudáveis.

No entanto, vale lembrar que parar de vez com o consumo de carboidratos podem fazer mal a nosso organismo e por esse motivo é que você deve estar passando com uma nutricionista que te dará as informações necessárias para começar essa dieta.

A dieta Low Carb?

A dieta como dita anteriormente visa a redução da ingestão de carboidratos na alimentação, e permite que as gorduras boas sejam acrescentadas na alimentação.

Sendo que em uma alimentação convencional, 50% do que é ingerido é carboidrato, contudo, com a dieta low carb esse valor cai entre 45% e 5% da alimentação.

O que comer em uma dieta low carb?

No entanto é comum para muitas pessoas que estão adotando a dieta low carb, se perguntar o que pode ou não comer.

Contudo, nesta questão vale lembrar que são permitidos gorduras boas, proteínas e alguns alimentos que possuem baixa quantidade de carboidratos. Carnes, ovos, oleaginosas e frutas com baixo teor de carboidratos.

Existem alimentos proibidos?

Sim.

Sendo todos os cereais e derivados; pão, massas, biscoitos, frutas ricas em carboidratos, e leguminosas ricas em carboidratos como por exemplo; feijão, lentilha, ervilha, todos os tipos de doces, em geral açucares.

Alimentos permitidos na Dieta Low Carb

  • Carnes – carnes naturais não possuem muito carboidratos. No entanto nuggets ou salsichas, carnes temperadas, é recomendado que não consuma.
  • Verduras/ legumes/ frutas – folhas verdes, brócolis, cebola, aspargo, tomate, palmito, berinjela, quiabo, além de vários outros.
  • Frutas low carb: de preferência com baixo teor em carboidratos, como por exemplo as frutas vermelhas, limão, coco e abacate. Entre outras.
  • Ovos de todos os tipos – cozido, mexido e frito.
  • Queijos – procure por queijos com menos teor de lactose, no caso do branco por exemplo.
  • Gorduras boas – utilize azeite de oliva, manteiga ou óleo de coco.

Alimentos de consumo moderado

  • Frutas – as frutas em geral costumam ter muito carboidratos, devido a frutose que é o açúcar natural da fruta.
  • Oleaginosas – pistaches, amêndoas, castanhas e nozes podem conter muita gordura e por esse motivo deve ser moderado o seu consumo.
  • Industrializados – devem ser evitados de modo geral, pois contem muito conservante e gorduras trans.

Proibidos

  • Leguminosas – feijão, lentilha e ervilhas, devem ser evitados junto com outras leguminosas por conterem muito carboidratos.
  • Açucares – nessa dieta nenhum tipo de açúcar é permitido, nem mesmo os naturais como o mel, pois não deixa de ser açúcar.
  • Farinha de trigo – nem branca, nem integral. Não é permitido consumir nenhum derivado, seja pão, massas, bolos, etc.
  • Arroz – pois contem alto teor em carboidratos.

Benefícios da dieta low carb

Auxilia na dieta de emagrecimento: contribui com a perda de peso, pois a redução de açúcar e farinha ajuda bastante.

Proporciona saciedade: o fato de que a dieta é rica em fibras e gorduras boas proporcionam saciedade durante mais tempo.

Previne diabetes: previne o diabetes do tipo 2, pelo fato de reduzir o açúcar, entre outros alimentos de baixo índice glicêmico, que não aumentam o nível de insulina.

Melhora da saúde: a low carb é uma estratégia alimentar que visa a melhora da saúde com a redução de alimentos não saudáveis e ainda que favorece a perda de peso.

Cuidados com a dieta Low Carb

Apesar de tudo, essa dieta possui a questão da redução máxima de carboidratos, sendo que ele é um macronutriente importante para o nosso organismo, e deve-se ter alguns cuidados ao tentar reduzir ao máximo.

No entanto, nutricionistas indicam que a dieta não deve ser feita por tempo indeterminado, pois é essencial o consumo de carboidratos para evitar que alguns contratempos venham a acontecer como por exemplo os cálculos renais.

A dieta low carb é ideal para – pessoas cuja a alimentação deve ser racionada ou devido a algum problema de saúde.

A dieta low carb não é para –  no entanto, para pessoas que possuam transtornos alimentares como por exemplo anemia, bulimia ou compulsão, pois essa dieta pode piorar tudo.

Para atletas também não é indicado.

Contudo, é importante que todas as dietas tenham supervisão de um nutricionista, para que dessa forma seja possível estar fazendo a dieta corretamente, sem que haja nenhum problema com sua saúde.

Por fim, as informações contidas neste artigo servem apenas para informar, e não se dispensa a consulta com um nutricionista que é especialista na área.

Detox de cenoura e seus benefícios para a saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: