Saiba o que é autossabotagem financeira

Saiba o que é autossabotagem, um mal que tem afetado e muito a nossa vida financeira e que muitas das vezes nem percebemos. Saiba o que é autossabotagem financeira.

Primeiramente é importante saber o que significa autossabotagem para que dessa forma seja possível estar reconhecendo esse ato em nossa vida e mudando nosso comportamento para que não façamos mais.

Autossabotagem significa estar se auto sabotando, estar se prejudicando sozinho. Um belo exemplo de autossabotagem é quando uma pessoa é fumante, ela mesmo compra seu cigarro para estar prejudicando a própria saúde.

A autossabotagem financeira é algo que tende a acontecer em nossa vida com uma certa frequência e por esse motivo é importante saber como podemos auto prejudicar nossas finanças de modo que acabemos por entrar no vermelho.

Por esse motivo, veja aqui quais são as vezes que você se autossabota e como parar com isso reconhecendo e começando a ficar atento com isso.

Não fazer uma reserva – autossabotagem financeira

Não fazer uma reserva do próprio dinheiro é basicamente pedir para faltar dinheiro em um momento oportuno. Muitas pessoas não fazem o ato de guardar dinheiro uma ‘’lei’’ e por esse motivo acabam por viver prometendo guardar e nunca sobra para fazer isso.

Fazer uma reserva é muito importante quando se trata de finanças, isso porque passamos a vida toda lidando com imprevistos e esses imprevistos podem muitas vezes acabar por nos custar muito dinheiro, que muitas das vezes recorremos a empréstimos e que acabam por nos deixar em estado financeiro crítico.

Por esse motivo, não poupar é sim uma autossabotagem, pois sabemos que é necessário e mesmo assim continuamos a não guardar e cada vez mais se afundar em contas por causa de descontrole financeiro. Portanto deixe de se prejudicar e comece agora a fazer suas economias para ter uma vida financeira saudável.

Gastar por impulso

Outra maneira de autossabotar é certamente que estar fazendo gastos por impulso. Não calcular quanto está gastando em prol de um ‘’momento’’ também é se descontrolar pois momentos depois do gasto é que se vem na cabeça que não precisava do gasto e que agora vai faltar para saldar alguma outra coisa ou não vai dar para comprar outra.

Viver gastando por impulso é de fato muito prejudicial a qualquer financeira, pois basicamente a pessoa gasta uma determinada quantia sem calcular os danos que aquele gasto vai causar, mesmo sabendo que se pensar antes de agir ela não irá fazer esses tipos de gastos desnecessários.

Então a dica é não ande por aí com muito dinheiro, apenas o necessário é o suficiente para se manter. Antes de fazer qualquer gasto, pense. O ato de pensar nos impede de fazer muitas coisas desnecessárias inclusive de gastar dinheiro à toa. Seja prudente com seu dinheiro, afinal dinheiro vai e vem, porém, esse dinheiro gasto uma hora faz falta.

Não saber com que gasta o seu dinheiro – autossabotagem financeira

Este é um ponto crucial para quem deseja economizar, isso por que não saber com o que gasta é o mesmo que não dar atenção merecida ao seu dinheiro. Logo, não dar importância ao dinheiro fará com que você não de importância para suas finanças, o que gerara muitos problemas na hora de economizar, pois neste caso você não saberá onde está ficando seu gasto.

Se te perguntassem hoje, com o que gastou seu dinheiro? Certamente a resposta seria, gastos com internet, agua, energia entre outras mensais pelas quais estamos habituados, mas sempre terá uma quantia que literalmente é necessário pensar muito para lembrar com o que foi gasto.

Isso é um dos motivos que muitas pessoas acabam ficando escravas de seu próprio trabalho, pois não sabem com o que gastaram, mas sabem que precisam trabalhar para pagar aquela fatura ‘’estranha’’ do cartão.

Portanto, sempre que gastar, seja até mesmo a nota de menor valor, lembre-se de anotar. Ter uma agenda especificando tudo o que foi gasto é sem dúvidas essencial para quem precisa se manter no controle de tudo e ter todos os seus gastos mensais sobre controle.

Dessa forma é possível identificar onde está gastando demais e frear se for necessário. Portanto, não deixe de estar anotando tudo e mantendo-se no controle de tudo. Dessa forma suas finanças estarão sempre sob seu controle, o que é muito importante.

Por fim espero que você entenda que está se autossabotando, e entenda que na realidade o governo e as outras pessoas afetam sim, mas quem mais se prejudica é você mesmo, portanto mude alguns hábitos que não te fazem bem.

Usar o cartão de crédito ou Dinheiro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: